Pessoas hostis em Pimenta Bueno

Em Vilhena tive a bela recepção do pessoal da clinica Acqua Med, boas vindas do Prefeito, ótimo atendimento no Hotel Mirage e muitos amigos deixados por lá.

Peguei a estrada entre revoadas das araras e o barulho dos carros eu seguia rumo a São Lorenço, chegando lá consegui dormir em uma pensão simples e tranquila.

Pensei Pimenta Bueno será uma boa cidade para recuperar energia, mas não foi bem assim, cheguei fui a prefeitura direto para o gabinete do prefeito, fui atendido pela chefe de gabinete que disse logo que não poderia  conceder hospedagem, me despedi agradecendo e fui direto ao hotel, que concedeu um desconto de 10% na diária.
Tomei banho e fui direto ao restaurante repor minha energia,eu vi no cardápio picanha, pensei eu mereço comer uma picanha hoje, então pedi ao garçom o prato , mas veio alcatra e ao reclamar o responsável do restaurante disse não tinha diferença tudo era carne. eu fiquei sem acreditar naquilo, falei é assim que você conquista seus clientes? ele disse que eu não era cliente dele, e não era obrigado a me servir.
Cansado e indignado eu paguei e não comi nada pois poderia me fazer muito mal.

Acabei comendo em um outro lugar , o dia foi bem quente o sol me castigou muito e no final da tarde uma tempestade muito forte me pegou mas já estava chegando na cidade .

Amanhã saiu cedo e corro até Cacoal, espero que o meu dia sja mais tranquilo e feito de gentilezas, infelizmente levo uma recordação não muito boa de Pimenta Bueno.  tenho certeza que essa cidade não é só feita de pimentas mas sim de cidadãos buenos obrigado pelas mensagens de força e carinho de todos.

Um abraço
Carlos Dias

6 comentários:

  1. E ai Carlos Dias, beleza?
    Hoje consegui ler várias de suas postagens. Ver as fotos, por onde tem andado, o que tem acontecido etc., pois estava viajando a serviço e você sabe como é, fica difícil de acessar seu site, apesar da vontade imensa de verificar o que está acontecendo.
    Fiquei indignado ao saber do péssimo atendimento em Pimenta Bueno. É bom sabermos para passarmos bem longe de um lugar assim. Lembrei também do pedágio (Tribo Indígena).
    Ao ver as fotos, lembrei que não assinei a bandeira quando esteve por aqui – esqueci – mas estarei assinando quando chegar em São Paulo apesar do tumulto que vai ser – rsrsrsrsrsrsrs....
    Vou enviar um pequeno vídeo para o seu e-mail, mas não repare a brincadeira ok? Nada demais...
    Siga firme, pois Deus está ao teu lado nesse desafio. Não desisti de continuar tentando conseguir algo para que o Allisson retorne à estrada e também que as pessoas possam comprar os Kms.
    O nosso grande amigo Ultra Jorge Cerqueira, vira e mexe, também está cutucando os atletas e demais para que haja conscientização de todos, pois devemos nos unir em prol do GRAACC.
    Um forte abraço do amigo Vannucci Jr.
    www.corridarusticauberaba.com

    ResponderExcluir
  2. CARLOS! APESAR DE VOCÊ ENCONTRAR PESSOAS PIMENTENSES KKKKKKKK, EM SUA JORNADA LEMBRE-SE VILHENA ESTÁ SEMPRE JUNTO COM VOCÊ! BJÃO (FOTOGRAFA)

    ResponderExcluir
  3. ARTHEMIO PERFEITO1 de dez de 2010 12:49:00

    carlos,sabendo que não e fácil a jornada do asasfalto,tem q passar por essas coisas...força e a PAZ DE CRISTO sempre correndo arthemio.

    ResponderExcluir
  4. Seria muito querer saber o nome do lugar em que serviu alcatra ao inves de picanha? OU pelo menos a localização?

    ResponderExcluir
  5. Oi Carlos....sem palavras e totalmente indignada por saber que existam pessoas assim....sem educação e sem escrúpulo....mas siga em frente e muita paz, serenidade diante dessas atitudes...continuamos te acompanhando em pensamento e torcendo muito por vc!!!! pessoas e dias melhores viram....
    abraços JULIANA (Barra do Bugres MT)

    ResponderExcluir
  6. fico triste ao saber dissu em pimenta bueno, mas ja esperava q fosse desse jeito mesmo, como eu havia lhe falado carlos akela cidade nao cresce e nunca crescera enquanto ali existir e mandar pessoas q vc encontrou, mas a cada obstaculo superado é uma vitoria vencida.

    ResponderExcluir