Guiado, pela paixão de correr e viajar




Fazer de cada canto do Brasil minha casa, e as pessoas no caminho minha familia,viver momentos de extremo isolamento,sentir saudades do meu filho,percorrer mais de 1.600 cidades,ser surpreendido com gestos de solidariedade e apoios cinematográficos.

Correr risco de morrer atropelado, conhecer o medo e a dor, deparar-se com uma natureza que emociona, conhecer pessoas que convivem com a fome cruel.

Sentir o cheiro de cada lugar,visualizar o talento humano de forma bem íntima, se indignar com a indiferença e intolerância, daqueles que nos olham, por cima e não nos olhos.

Dormir no chão, de um posto de gasolina em um dia, e vinte e quatro horas depois, sentir o conforto de uma cama de um resort, ou dormir numa igreja no silêncio absoluto, ou numa rede na maior floresta tropical do planeta, ao som da vida competitiva entre os animais.

Essa com certeza é, uma das experiências mais fascinantes da minha vida.

Ontem tive o prazer de divugar o desafio, no jantar de massas, da meia maratona de Florianópolis,a convite dos organizaores da prova, Eduardo e Felipe, reencontrei amigos como o Leandro Prícolas que fez o video da minha largada, conheci novos atletas e convidei a todos a comprarem km para ajudar o graacc.

Desejo a todos atletas sucesso em suas provas e ótimo retorno para suas familias.

Hoje meu filho falou comigo pelo computador, disse que me amava, e com um sorriso gostoso, mostrou a mais nova paixão dele, o filme do panda, meu amigo Roberto Encarnação veio almoçar comigo antes de pegar o avião de volta para Salvador.

Reencontrei também os amigos Alícia e Valdireno de Uberlândia, que passaram a tarde comigo lembrando minha passagem por Minas, a Alícia era só entusiasmo pois é a mais nova atleta de corrida desse país, o Valdireno comemora ainda mais, pois agora tem em seu casamento, um motivo a mais para treinar para as grandes provas.

Amanhã de madrugada sigo em frente, nessa jornada inesquecível, que está testando minha força física e mental todos os dias, faltam agora 56 dias para a chegada em São Paulo, mas antes tenho muitas montanhas e frio pela frente.

Minha paixão é correr e conhecer esse planeta de forma única, colaborando para a construção de um mundo mais ativo.

Daqui sigo para Palhoça, Criciúma, Torres e devo chegar em Porto Alegre até dia 29 ou 30 portanto amigos gaúchos, fica o convite a correr comigo, comprar km e se quiser juntar uma turma para uma palestra  favor entrar em contato.

Abraços
Carlos Dias
047 9216 6818