Características de corridas em desertos


Olá amigos,

Algumas pessoas me enviaram, emails, solicitando informações sobre as principais provas que participei, especialmente os desertos.

Por essa razão,destaco provas que exigiram não só preparação física, mas senso de organização e estratégia mental, para conseguir superar cada uma delas.


Categoria das provas:  Ultramaratona

Distância: 250km dividido em 6 etapas
Duração: 7 dias
Lugar: Ambientes extremos ao redor do planeta
Média de participação: 150 atletas  38 países
Perfil de prova: corrida longa distância,auto-suficiência, cada atleta carrega alimentação, roupas,saco de dormir e equipamentos de segurança, durante os 7 dias de prova, dormem em acampamentos, no meio do ambiente remoto.
Estrutura: A prova leva uma estrutura de segurança, impecável,médicos de diferentes países,tecnologia moderna para comunicação,carros e helicópteros para resgate.
Provas destacadas:  Maratona da Selva -Amazonas -Brasil 2003
                               Maratona da selva - Tapajós-Pará-Brasil 2006
                               Deserto Gobi -China -Junho-2008
                               Deserto Sahara -Egito-Outubro- 2008
                               Deserto Antártida-Pólo Sul-Novembro-2008
                               Deserto Atacama-Chile-Abril-2009

Nos próximos posts, vou destacar cada prova, ambiente,cultura,solo,curiosidades.além de falar um pouco do Nepal, prova que vou participar em Novembro, a ideia, é fazer com que mais brasileiros, se destaquem em provas dessa natureza.

Site da organização desse circuito de provas extremas: http://www.racingtheplanet.com/

   Texto estraído do site: http://www.4deserts.com/
"O Last Desert  foi o evento mais difícil  que já participei", disse Carlos Dias, um veterano de algumas das mais exigentes corridas de resistência do mundo. E acrescentou ele, "o frio não é o meu tempo favorito." Quando você toma conhecimento que Carlos é um brasileiro, você começa a entender porque as baixas temperaturas da Antártida lhe preocuparam, embora seja difícil imaginar qualquer coisa congelando a disposição ensolarada que Carlos tem. O organizador de corridas e palestrante de São Paulo é uma daquelas pessoas que simplesmente continuam rindo na face da adversidade. Carlos foi o primeiro brasileiro a completar o "The Last Desert", e os 4 desertos. Ele participou com sucesso da Marcha de Gobi e da Corrida no Sahara em 2008, antes de se dirigir ao continente gelado para fazer um pouco de história. E para tornar as coisas ainda mais impressionantes, a Corrida do Saara foi apenas um mês antes do The Last Desert.

"Meu maior desejo é completar a série dos 4 desertos", diz Carlos. São eventos fascinantes que nos fazem crescer como seres humanos. Ele alcançou esse sonho, ao completar a Travessia do Atacama (Chile) em 2009. 
Quem está fazendo algo engrandecedor é o filho de Carlos que lhe ajuda proporcionando inspiração e força durante suas corridas. E, quando corre, Carlos é inspirado por uma motivação adicional: saber que ele está levantando fundos para a cura de crianças com câncer.

Quando Carlos corre, ele ouve: Samba, Bossa Nova, Forró, Reggae e Instrumentais. Não é nenhuma surpresa descobrir que ele ficou particularmente fascinado pela dança e a música do povo Uigur de Gobi. E, embora nem todos tenham o prazer de conhecer nossa equipe médica, seu comportamento feliz durante as corridas é algo que marcou na mente de Carlos. "Eles estavam sempre sorrindo", lembra ele, mesmo que eles digam que é muito difícil não sorrir quando Carlos Dias está por perto. 



Abraços
Carlos Dias
11 7439 4151