Firme na trilha

Iniciei o desafio fraco, meio sem chão por ter perdido minha mãe, mas fui me fortalecendo no caminho.

 Encontrei pessoas iluminadas que me acolheram, fiz amigos eternos, me integrei à natureza, venci os medos

 de ficar sozinho no meio do nada, no escuro das estradas, aumentei minha carga de determinação e amor

 pelo Brasil, transformei hostilidade em alavanca. Foram momentos degustados com paixão.

Aumentei a quantidade de horas e a média de km, para conseguir, chegar em São Paulo no dia 13 de

agosto.

Agradeço aos amigos, Tatiana e Carlos, por divulgar o desafio, aos amigos Edelma,Vanessa,Heliana,Maria Luiza, Gustavo e Dudu de Brasília por me  fortalecer e comemorar comigo a conquista da metade do desafio, a pousada Le Baron pelo apoio na praia do Francês, aos Srs Pires e Kelly do restaurante panela de barro, a Andréia da Barra de São Miguel, aos alunos e professores da escola Midéia, aos amigos Edivânia e Ricardo.

Cada dia é uma história única, muitos amigos, e muitos lugares inesquecíveis, que me fazem superar dores e isolamento na estrada.

Agora quase chegando em Sergipe, se alguém conhecer alguém em Aracajú, eu pretendo chegar lá até terça feira.

As fotos vou tentar postar, amanhã, minha internet está com velocidade reduzida.

Até agora foram vendidos 1.149 km , para ser doados ao GRAACC,a meta é vender 18.250km.

Obrigado
Carlos Dias
11 7439 4151
TWITTER @carlosultra