Lucina Ratinho Um grande exemplo


Vou estrear no meu blog uma série de relatos de atletas que faz da ultramaratona um esporte especial, pessoas que admiro e são exemplo para todos na vida. e hoje vamos conhecer a história da Lucina Ratinho que considero como mãe.


Tenho 65 anos e comecei a caminhar,trotar e correr aos 57 anos em Setembro de 2001.



Quando me vi numa foto de Natal deitada ao lado das minhas netinhas que tinham 6 meses,levei o maior susto, de tão gorda que era. Eu com 1,46 mts pesando na época quase 70 kilos rsrsrs já pensou ? Me senti muito mal,no dia seguinte comecei a caminhar, no parque do Ibirapuera todos os dias,onde fiz muitas amizades e acabei participando da 1ª corrida,na minha vida..... 25 de Janeiro,aniversário de São Paulo.....Poxa, só faltei morrer,nunca tinha feito um percurso tão longo como este 10 km rsrsrs.



Nao conseguia correr 100 metros, só caminhava...... ATÉ QUE UM DIA CONHECI o tão querido BRanca da Equipe Branca Esportes,e comecei a treinar  com ele. Fizemos uma grande amizade,fui muito bem recebida por toda a equipe,que consideramos como uma grande familía.



Desde então,jamais consigo me imaginar com outra camisa a não ser a nossa do Branca Esportes.Com o Branca aprendi tudo que sei até hoje.
Tenho um treinador tão bom, que até hoje nunca tive uma lesão. Como ele sempre me diz antes das corridas rsrs não quero seu tempo nem tão pouco a sua kilometragem,quero você sermpre inteira e sempre feliz com muita saúde rsrs e eu obedeço, é claro.



Adoro participar de corridas de longas distâncias,apesar de não ter velocidade,tenho muita resistência, gosto muito de desafios, e ultramaratonas gosto  de participar em pista de atletismo,porque ficamos com nossos amigos ULTRAS o tempo todo,e nunca estamos sozinhos....como nas corridas de rua.Meu marido não gosta de nada rsrsrs mas também não impede que eu participe das corridas,meus filhos não são muito chegados em correr, mas sempre me dão apoio para que eu participe das corridas e meus netos se orgulham da avó,dizem que a avó deles é diferente das outras, trabalha fora o dia todo, é muito alegre e ainda corre rsrsrs.
Meu maior sonho,seria fazer a Maratona do Rock n Roll San Diego,porque dizem que tem  banda


de Rock quase o trajeto todo,iria adorar fazer uma maratona do rock,deve ser muito alegre e divertida.



A prova que mais me marcou foi a 1ª Ultramaratona noturna que fiz,de 12 horas em São Caetano SP,organizada pelo ultra mega Carlos Dias, nunca pensei que tivesse capacidade de fazer 62 km com 62 anos de idade,terminando inteirinha e muito emocionada por ter conseguido,sem sentir desconforto algum, e com muito pouco treino,por falta de tempo porque trabalho muito em pe,todos os dias de domingo a domingo.



Acho que todas as pessoas que se acomodam dentro de casa,e ficam paradas sem fazer nada para ter uma vida melhor,deveriam sacudir mais o corpo para terem uma vida  mais alegre e saudavel, respirar o ar puro dos parques, onde fazemos grandes amigos com o mesmo objetivo, saúde e bem estar para sempre,se livrando de muitas doenças que podem vir por levar uma vida sedentária.



Uma pessoa que me inspirou a correr foi o Sr. Gustavo Buchi,eu olhava, e o via com aquelas perninhas tão fininhas,que parecia até um bonequinho de madeira,marionete... rsrsrs,e eu pensava que ele poderia cair e quebrar as perninhas rsrsrsrs então eu dizia comigo mesma, porque eu não? sou forte e saudavel, apesar de baixinha,também vou poder correr um dia..... e assim comecei a correr e estou até hoje sem vontade de parar nunca mais.Quero viver muito participando de corridas e vendo meus afilhados de corridas crescendo a cada vez mais......
Abraços a todos Ultramaratonistas ou não.

Lucina Ratinho


O grande prazer da vida é fazer o impossível, e eu ainda chego lá !


Meus parabéns Lucina Ratinho


 


 

10 comentários:

  1. Parabéns mãe. Você é exmplo para muita gente. POr isso temos orgulho de você

    ResponderExcluir
  2. Carlos, que iniciativa legal. E quem venham as "Ratinhos" as "Tomikos" as "Oteros" e outras tantas e tantos ultra exemplos.

    Adorei mesmo e quero mais!

    ResponderExcluir
  3. Carlos meu amigo parabéns pela iniciativa de divulgar a história de vida no atletismo dos atletas aqui.
    Lucina vc tem uma história de vida e de superação muito boa, desde que lhe conheci no Desafio do Dean Karnazes em SP eu aprendi a lhe admirar muito, vc é uma guerreira que nos inspira e muito...Olha vc disse aqui no Relato que tem um SONHO em correr a maratona de San Diego, se vc tem este sonho amiga, por mais que seja difícil, percorra atrás dele, não desista, que com certeza, vc conseguirá, vc é exemplo para muitas pessoas que só sabem reclamar e ficam no sedentarismo...Pois tenho muito orgulho de vc, obrigado pela sua amizade...Que Deus continue te abençoando sempre...Parabéns amiga.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Jorge querido ! Assim você me emociona com suas palavras....Para mim,participar das corridas e desafios,é a maneira que encontrei para descansar do meu trabalho do dia a dia,e ter mais força ainda para continuar alegre e saudavel.Fico muito feliz, quando as pessoas chegam e me dizem que começaram a correr,porque me viram em alguma corrida por aí.É muito gratificante, poder ajudar, quem esta começando nesta vida saudavel que nós levamos.Meu tipo de trabalho me da muita resistência para correr,e meus treinos de corridas,me dão mais forças ainda para trabalhar......
    Obrigada pelo apoio que vocês sempre me dão,
    e me empurram cada vez mais ....
    Lucina Ratinho

    ResponderExcluir
  5. Lucina Ratinho vc sabe que é o orgulho de todos que te conhece, e será de quem vier a te conhecer. Sei que não foi facíl esta conquista que hoje te coloca como exemplo para todos nós.
    Continue assim!

    Um abraço: Joaquim

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, Joaquim....você como sempre, muito gentil.
    Um abraço,
    Lucina Ratinho

    ResponderExcluir
  7. Oi Carlos!
    Oi Lucina!

    O Relato da Lucina ficou nota 10, me lembro dela, de você, do Gustavo Bush, do Roberto Lozada, do Carrera, do Adauto e de tantos outros ultramaratonistas que correram na Maratona da Fé (Ultramaratona de 180 km de São Paulo até Aparecida do Norte) que também ocorreu em 2001, foi nesse dia que eu começei a correr com a câmera fotográfica, corri do Estádio do Pacaembu até o km 38 da Av. dos Trabalhadores, depois entrei no ônibus e fiquei descançando até chegar na cidade de Aparecida do Norte, foram bons tempos, não é verdade meu amigo. Me lembro que a Ratinho era uma da mais alegre do grupo.

    Um grande abraço !

    Marcos Viana “Pinguim”
    http://marcosvianapinguim.blogspot.com/
    http://ultrapinguim.blogspot.com/
    http://twitter.com/ultrapinguim

    ResponderExcluir
  8. Amigo Pinguim,

    O esporte nos traz essa riqueza, por isso sigo incansável em minha busca.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Seu relato me estimulou a começar a me exercitar! Tenho 58 anos e 82 quilos para 1,62. Estou enorme!
    Começo amanhã, véspera de Natal, e quero ficar parecida com você em 2010.
    Grande abraço.
    Boas festas.
    Conceição

    ResponderExcluir
  10. Conceição fico muito feliz em saber que te estimulei, Deus abençoe seus passos e conte comigo se houver qualquer dúvida, comece devagar e faça da paciência sua parceira. Feliz Natal
    Bjs
    Carlos Dias

    ResponderExcluir